27 março 2005

HiFi ++

Seguindo o 'plano de viagem' comecei a ler a versão original de "High Fidelity" do Nick Hornby. Que coisa mais jóia. Tão legal quanto o filme estrelado por John Cusack, Zeta e Lisa Bonet. E mais engraçado ainda! Segue adaptação livre d'um trecho:

"Eu sou, se é que posso colocar assim, um amontoado de coisas comuns compactadas numa única figura. Existem milhões como eu. Ou não. Acho que não. Muitos tem um afinado gosto musical mas eles não gostam de ler. Outros tantos lêem, mas eles são gordos. Há aqueles simpáticos ao feminismo mas eles normalmente usam barbas ridículas. Há aqueles com o senso de humor do Woody Allen, mas eles se parecem com o Woody Allen!! Muitos bebem pra caramba, outros tantos viram bestas quando estão dirigindo. Tem aqueles que gostam de brigar e outros que gostam de se exibir ou tomar drogas. Eu não faço nada disso. Se as mulheres prestam atenção em mim não é por causa de minhas virtudes e sim pelas sombras que não tenho."



Nick abusa das listas em "High Fidelity": Melhores filmes; Melhores livros. E, principalmente, discos e músicas. Logo no comecinho ele cita as top 5 para corações partidos. Bom. Peguei a trilha original, juntei as diversas citações e listas do livro e montei um trilha extendida. O HiFi ++:

01. Only Love can break your Heart - Neil Young
02. Call Me - Aretha Franklin
03. I Don't Want to Talk About It - Everything but the Girl
04. When Love Breaks Down - Prefab Sprout
05. She's Gone - Tavares
06. The Whole Point of no Return - Style Council
07. I'm Wrong About Everything - John Wesley Harding
08. Ain't no Sunshine when She's Gone - Elvis Costello
09. One Love - Bob Marley
10. Many Rivers to Cross - Jimmy Cliff
11. Let's Get it On - Jack Black
12. Holding Back the Years - Simply Red
13. My Way to You - Lloyd Cole
14. Fallen for You - Sheila Nichols
15. You're the Best Thing that ever Happened to Me - Gladys Knight & the Pips
16. How Men Are - Aztec Camera
17. Advice for the Young @ Heart - Tears 4 Fears
18. Caramel - Suzanne Vega
19. The Blower's Daughter - Damien Rice
20. She - Elvis Costello
21. Oh! Sweet Nuthin! - Velvet Underground

Mixando direitinho (de preferência no 'Get it on CD'), dá 1h19m. Ou seja, quase uma hora e meia da maior dor de cotovelo. É tão triste, dramático e pesado que acaba ficando engraçado. Dei uma de enxerido (pra variar) e coloquei algumas músicas não citadas. Particularmente das trilhas de 'Notting Hill' e 'Closer'. Mantém o clima e a localização (Londres e arredores).

Advertência: não ouça tal sequência se vc estiver meio down. Pode te dar umas idéias malucas.

Pronto... agora vou curtir um Dread Zeppelin pra desintoxicar...

4 comentários:

Victor Z disse...

Cara, eu ainda fico com a trilha do filme que é duca.

E pra mim o melhor cover de Stairway to Heaven em ritmo de reggae é o do Zappa.

Paulo Vasconcellos disse...

Mas eu não tive a intenção de substituir a trilha original. Ela tem o lado 'alegre' da coisa, com Kinks (Everybody's gonna be happy), Love outros. A sequência aí é 'mela-cueca' mesmo... motivada pelo trecho do livro em que o cara fala das 5 mais doloridas de todos os tempos. Resolvi esticar pra 21... hehe.

Alexandre Calderaro disse...

Caramba, eu vi o filme mas nao me lembrava que a trilha era tao legal.
Alem do mais, Style Council e Lloyd Cole estavam esquecidos na minha cabeca.
Se vc gosta do primeiro e quer seguir na linha do mela cueca, tente escutar a musica The Paris Match.

Paulo Vasconcellos disse...

Calderaro, Style, Lloyd, Simply Red, Tears 4 Fears e outros não estão na trilha original. Foi minha 'intervenção' mesmo, hehe. Curto o som do Style (que há tempos tava na poeira tb). Mas não conheço The Paris Match. De qual disco ela é?

[]'s