29 setembro 2005

Referências & Referências

Brunão acabou de completar 7 anos. Sobrinho e afilhado, assusta quando mostra (sincero) uma série de afinidades: cinema, rock, a magreza, a canhota, a raiva e a birra. Ah, e a total ausência de chatice quando o assunto é comida. Sei que ele é meu fã. Acho que ele sabe que sou fã dele.



Há um tempo, passeando em Vga, trocando informações em ritmo 'suspeito', ele pára, olha pra cima e lasca:

- Nando, como vc sabe de tudo?

Com certeza a engolida seca, a gaguejada e a falta de jeito foram suficientes para mostrar pro Bruno o quanto ele estava errado. "Sei de nada não"...

Mas vira e mexe alguém comenta minhas referências "circulares y cíclicas" e elogia minha memória. Não os decepciono como um dia decepcionei o Brunão. E ensaio contar uns segredinhos sem parecer chato nem 'mascarado'. Desnecessário dizer que não "cola", né? Quem sabe confessando-os aqui...

Da memória não sei segredo nenhum. Bebo muito café e queimo muito Marlboro.. se um estimula o outro 'consome' neurônios.. então.. Mas lembro umas coisas absurdas. Datas, diretores, eventos, atrizes, posições (do tipo q vc pensou mesmo) e alterações, revoltas e reviravoltas, escalações e gols, golos e rolos. "Sei d'onde vem não"...

Mas sobre referências é fácil. Tecnicamente a gente poderia dizer que existem alguns 'patterns'.. padrões. Tipo: se vc não gosta de ler o q vc tá fazendo aqui? Xô!



Ops.. vc lê. Qq coisa? Melhor ainda. Jornal? Faz bem, nem q seja só aos domingos (pra rever tudo q vc viu na web durante a semana). Um livro? Dois por ano? Já tentou 6 por ano? E 12? Tempo? Experimenta desligar a televisão 1h por dia pra vc ver como consegue. E algo diretamente relacionado com sua área? Vc lê por obrigação ou prazer? Se ficou com a 1ª opção só tenho uma certeza: vc tá na área errada.. hehe

Vai vc! É a tua!!

Mas pq uma coleção de referências faria tanta diferença?

De repente me coloquei sem querer nesta sinuca de bico. Pq? Sinceramente?
Acho que é pq a vida é muito curta. Então, através de livros, jornais, revistas, filmes e sons, vivo um pouco a vida de quem os criou. Dá a sensação de que enganamos nossa vida, nosso relógio biológico, vivendo um cadinho mais.
[update: na 1ª leitura - soou piegas... mas não deleto não - foi sincero]

Mas não teria graça nenhuma se eu não pudesse compartilhá-las de alguma forma (digo, as tais referências). Daí a razão pra existência do BlueNoir e outros. [Lembra aquele papo de que não teria graça nenhuma traçar a, digamos, Angelina Jolie, se a gente não pudesse contar pra ninguém].

====================

Q melda! Esse papo todo só pra falar que criei duas novas seções no cantinho direito do blog, logo abaixo dos links. "Na Cabeceira e no Player" pra mostrar o que estou lendo e ouvindo. "A Fila" pra mostrar o que deve vir na sequência...

É que ando preguiçoso.. e com muito trampo. Queria poder comentar todas as dicas. Como não consigo mais (e meus colaboradores são uns bundas-moles), vale o mínimo: links para referências e críticas legais. Uma vez por mês eu dou um tapa e atualizo as listas.

====================

Sacanagem.. esqueci o Brunão lá em cima e terminei o papo sem ele.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cara,

Essa é uma coisa que eu concordo contigo em número, genero e grau(olha o lugar comum!).

Eu terminei de ler esta semana o meu quarto livro em seqüência(a tonelada de coisas que eu leio a serviço não conta) foi bom retomar este hábito.

vzamora disse...

Foi mal. Não assinei o comentário anterior.